dicas para reduzir custos

Em tempos de aperto, as empresas enxergam a necessidade de se reduzir custos operacionais em todos os setores e em uma revendedora de carros não é diferente. O mais importante nestes momentos é saber avaliar corretamente onde serão realizados e qual a quantia destes cortes.

Assim como em qualquer outra decisão que a empresa toma, é necessário que seja realizado um estudo e um planejamento para se alcançar uma redução significativa de custos sem comprometer seu funcionamento.

Confira essas dicas para reduzir custos e para lhe auxiliar neste processo:

Como identificar os custos operacionais

Antes de começar a reduzir os custos e ajustar a operação de sua revendedora de carros para que ela se torne mais eficiente, é preciso entender os custos que ela gera e como otimizá-los da melhor maneira.

Basicamente, pode-se dizer que os custos de operar uma revenda de carros se enquadram em 4 categorias principais. O ideal é identificar aquelas que são mais importantes para seu negócio, evitando cortar investimentos de maneira drástica quando uma área é vital para a empresa.

Custos diretos

Os custos diretos são aqueles que, geralmente, já vêm agregados ao valor do produto final. Ou seja, custos como o valor pago no veículo antes da revenda é um custo direto e nunca deve ser desconsiderado ou rebaixado apenas para facilitar a venda.

Custos indiretos

Estes requerem que o revendedor execute algum tipo de cálculo para determiná-los. O tempo que o carro fica na revenda, por exemplo, gera um custo com o espaço, energia elétrica, água etc. Para chegar nesse valor, é preciso fazer um cálculo considerando o número de carros na loja e quanto tempo ele ficou aguardando a venda.

Custos variáveis

Os custos variáveis são os mais difíceis de identificar, já que podem dar somente a impressão de ganho. Quando uma revendedora começa a vender muitos veículos e a rotatividade aumenta, apesar de o faturamento claramente ter crescido, é preciso entender que os custos também podem ter subido, já que é preciso comprar mais veículos para manter o estoque.

Custos fixos

Mais fáceis de serem identificados e entendidos, os custos fixos são aqueles que permanecem os mesmos, independentemente de quantos carros o revendedor tem no pátio. O aluguel é o custo fixo mais comum, mas também podem entrar nessa conta o IPTU, licenças comerciais, alvará do corpo de bombeiros etc.

5 dicas para reduzir custos em sua revendedora

Após fazer uma análise detalhada do seu negócio e identificar em quais categorias se encaixam os custos da sua revendedora, é hora de conhecer algumas dicas para reduzir custos.

Trouxemos dicas para auxiliar neste processo, mas vale lembrar que nem todas podem se encaixar no seu negócio.

O ideal é entendê-las e começar por aquelas que podem funcionar para você.

1. Gestão de pessoas

A redução de custos na gestão de pessoas pode ser realizada através da terceirização desta atividade, acionando-a somente quando for necessário, como no caso de uma futura contratação.

Quando reduzir o quadro de funcionários for uma opção, é importante que se avalie os custos da demissão e, também, que se some a esta quantia o valor necessário para repor este funcionário futuramente, bem como o tempo para que ele adquira a experiência necessária.

2. Adequação estrutural

Muitas vezes, uma boa opção para se reduzir custos é a readequação de estrutura. Avalie se você possui o espaço necessário para a realização de suas atividades ou se é possível buscar uma alternativa mais em conta, como um espaço menor, por exemplo.

Os custos com materiais de escritório também são muito importantes, por isso, é aconselhável que a revenda adote políticas de redução de cópias de documentos, sendo uma boa alternativa a utilização da digitalização de documentos e armazenamento em um computador.

3. Manutenção de estoque para reduzir custos

Evite acumular grandes quantidades de veículos em sua revendedora, afinal, eles representam capital parado e não geram lucros. Procure optar por marcas com maior procura e/ou facilidade de vendas. Caso você possua um veículo que está muito tempo parado no pátio, uma boa saída é colocá-lo em promoção para conseguir vender mais rápido.

Se em sua revendedora você trabalha com a venda de peças de reposição ou manutenção, é importante avaliar quais peças possuem estoque alto e sua saída, evitando, assim, a compra de materiais de baixa demanda ou desnecessários.

4. Diversificação de marketing na sua revendedora de carros

Hoje é possível realizar ações de marketing através da internet com custos baixos ou, até mesmo, sem custos. Procure direcionar sua verba de marketing para este canal de comunicação, apostando em e-mails marketing, marketing de conteúdo, página no Facebook e, para os que podem investir um pouco mais (mas não muito) temos a opção do Google AdWords e o Facebook Ads, onde você investe dinheiro para que sua empresa apareça para seus clientes.

Cortar os custos com gráfica (folder, jornalzinho, etc.) representará uma grande economia para sua revenda, pois a impressão de materiais consome a maior parte da verba de marketing de qualquer empresa.

5. Adoção de programas de automação

Centralizar as informações essenciais de sua empresa em um software de gestão reduzirá a necessidade de diversos profissionais, pois as informações ficam armazenadas em um mesmo local, possibilitando a retirada de relatórios de desempenho que o ajudarão a controlar e otimizar seus processos.

Através de um software de gestão como o Revenda Mais é possível fazer a gestão de clientes e de estoque, controle financeiro facilitado, controle de emissão de notas fiscais, além de possibilitar mais agilidade na busca por informações relacionadas às vendas.

Como investir o dinheiro economizado na revendedora?

Depois de aplicar essas dicas para reduzir custos operacionais da sua revendedora mês a mês, você será capaz de acumular um determinado capital. Mas o que fazer com ele? Agora, vamos mostrar algumas estratégias podem lhe ajudar a reinvestir o que for economizado para gerar faturamento:

Invista no financiamento próprio

financiamento de veículos fazendo uso do próprio capital da revenda é uma ótima maneira de oferecer a seus clientes uma venda fácil e com muito menos burocracia. Além disso, seu negócio passará a não apenas lucrar com o valor da revenda dos carros, mas também com os rendimentos da taxa de juros do financiamento que seu negócio oferecer.

Melhore a infraestrutura

Invista em novos equipamentos e melhorias na infraestrutura da revenda. Coisas simples como melhorar o ar-condicionado da sala de espera dos clientes já podem fazer uma grande diferença.

Você também pode investir em infraestruturas para ajudar a reduzir os gastos fixos mensais, como adquirir um galpão ou instalar painéis solares e reaproveitadores de água, diminuindo ou zerando essas contas todos os meses.

Diversifique seu portfólio de veículos

Às vezes é interessante ter na revenda uma gama de veículos que vá desde os populares até os veículos de luxo. Diversificando os veículos que sua revenda oferece, você expande sua atuação no mercado e ainda pode aumentar a margem de lucro gradativamente.

E aí, gostou das nossas dicas para reduzir custos em sua revendedora? Então entre em contato conosco e descubra como o Revenda Mais pode lhe ajudar a economizar no dia a dia de sua empresa.