Saiba como vender seminovos para CNPJ e as características dessa modalidade de negócio.

vender seminovos para CNPJ

Com o crescimento do empreendedorismo no Brasil e o surgimento de novos modelos de negócios movimentando a economia, cresceu também a venda de carros seminovos para CNPJ.

Mas será que a sua loja de carros sabe como funciona esse tipo de venda e as diferenças entre vender para pessoa física e pessoa jurídica? Neste artigo você vai aprender todas as características dessa modalidade de negócio e como impulsionar as vendas de carros.

Quem é considerado CNPJ

Para realizar a venda de carros para CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas) é necessário entender quem se encaixa nesta modalidade. É considerado CNPJ as pessoas que possuem o registro ativo no CNPJ: MEI (Microempreendedores Individuais), Microempresa (ME), Empresa de Pequeno Porte (EPP), entre outras categorias.

Para emitir CNPJ, é preciso que o cidadão tenha iniciado um processo de abertura de empresa com a Receita Federal. Como vantagem, essa pessoa poderá emitir notas fiscais, ter acesso a linhas de crédito com condições especiais e adquirir produtos com diferentes tributações.

Por que vender veículos para CNPJ?

Vender carros para CNPJ pode abrir uma porta de oportunidades para sua loja de carro, ampliando o público-alvo. A abertura de pequenas e médias empresas está bastante acelerada no Brasil.

Um levantamento feito pelo Sebrae mostra que em 2021 quase 4 milhões de empreendedores formalizaram micro e pequenas empresas ou criaram um MEI. Esse número é 19,8% maior do que em 2020. No ano anterior, haviam sido abertos 3,3 milhões de organizações. 

Essa tendência continuará pelos próximos anos. Muitos empreendedores brasileiros ainda não registraram oficialmente suas atividades e pretendem se regularizar, criando oficialmente um CNPJ.

O que analisar antes de vender seminovos para CNPJ

São necessários alguns cuidados iniciais no momento de fechar parceria com uma empresa. Hoje, com a popularização do Google Meu Negócio e das mídias sociais, está um pouco mais fácil identificar empresas que podem ser problemáticas na hora de pagar e cumprir o contrato.

Mas, toda dica é válida! Veja abaixo algumas orientações sobre o que avaliar antes de vender veículos para pessoa jurídica.

Verifique a documentação

Todos os tipos de pessoa jurídica possuem uma documentação obrigatória para comprovar que sua empresa encontra-se vigente, por isso, a cada venda, solicite uma confirmação mediante documentos oficiais.

Em geral, recomenda-se solicitar o RG original, número do CNPJ e o contrato social (ou Inscrição Estadual), que comprove a situação de pessoa jurídica.

Investigue a situação financeira

Após verificar que o CNPJ é vigente, chegou o momento de investigar a situação financeira da empresa ou do empreendedor. Verifique se está em dia com os impostos e contribuições obrigatórias, se possui processos em seu nome, se está com o nome limpo, se possui dívidas e se está de acordo com as leis brasileiras. 

Em caso de empresas de médio e grande porte que desejam comprar veículos, vale a pena checar também o site e as redes sociais como Facebook, Instagram, LinkedIn, além do Google Meu Negócio. Assim você pode ver as avaliações dos clientes e o que o mercado está falando sobre ela, se é confiável ou não.

Informe-se sobre a garantia do veículo

Empresas que trabalham com frota de veículos costumam rodar muito e isso faz com que o carro desgaste ou necessite reparos mais rapidamente. Por isso, é bom entender qual será a finalidade do veículo e pensar em um modelo de garantia que condiz com a forma que o carro será usado.

Não adianta oferecer 3 anos de garantia se o veículo rodar todos os dias e começar a necessitar reparos no primeiro ano.

O mesmo vale se você comprar carros ou máquinas pesadas de outras empresas para revender. Faça uma vistoria completa, levando o modelo em questão à sua mecânica de confiança.

Crie ações para vender mais carros para CNPJ

Para realizar a venda de carros para CNPJ e impulsionar sua receita, vale a pena investir em ações especiais visando este empreendedor.

Saiba quem é o decisor dentro da empresa

Ao abordar empresas para comercializar veículos usados e seminovos, identifique quem é o profissional decisor dentro daquela organização e procure entender todas as necessidades: frequência que o veículo será usado, para qual finalidade, quantas pessoas usarão, etc.

Ofereça descontos especiais

As maiores montadoras de carros que atuam no Brasil costumam oferecer descontos para compra de veículos com CNPJ, variando de 3% a 20% para modelos novos direto da fábrica. 

Para as revendas de carros se tornarem competitivas neste segmento, é possível criar uma tabela com descontos especiais para seminovos, principalmente se a empresa adquirir mais de um modelo. 

A dica é dividir os veículos por suas características e marcas, criando um catálogo e estabelecendo os valores e sua porcentagem de desconto.

Ofereça melhores condições para compras maiores

Empresas grandes que usam frequentemente com veículos, como aquelas organizações que possuem representantes que visitam clientes diariamente, costumam ter uma necessidade maior em adquirir e trocar os carros de acordo com suas necessidades.

Para este caso, sua loja de veículos pode criar uma tabela diferenciada com descontos progressivos, por exemplo: para a compra de 01 até 05 veículos desconto de 5%, para a compra de 05 até 10 veículos desconto de 10%, etc.

Para definir os valores, verifique o custo real do veículo e insira sua margem de lucro e também a comissão dos vendedores de carros, evitando ficar no prejuízo. Não esqueça também de identificar quais os gastos que aquele carro gerou dentro da sua loja. Quais manutenções foram feitas? Quais impostos e multas você precisou pagar para regularizar? Inclua tudo isso no preço final.

Pense no empreendedor pequeno

O empreendedor pequeno possui um CNPJ vigente, porém sua demanda de trabalho é pequena e ele necessita de apenas um veículo. Para não perder a venda e oferecer um diferencial para este cliente, você pode disponibilizar um pequeno desconto tabelado ou um brinde extra, como acessórios para carro: som automotivo, jogo de tapetes, jogo de apliques, entre outros. 

Sua revenda de veículos pode montar também um “kit pequeno empreendedor” e oferecer presentes simples como: desodorizador para carro, esponja desembaçante, flanela, lixeira automotiva e porta celular para carros.

Outra dica é oferecer serviços adicionais, como uma troca de óleo ou higienização após x semanas da compra. Tudo gera valor ao veículo.

Faça publicidade direcionada ao vender seminovos para CNPJ

Com os recursos da internet, você pode criar anúncios direcionados para empreendedores e ampliar suas vendas de carros usando as redes sociais.

Você pode, por exemplo, fazer uma publicação e patrocinar definindo o público que você quer que receba.

Algumas dicas: pessoas donas ou proprietárias de empresas, empreendedor autônomo, pessoas da sua região, pessoas que se interessam por carros, idade e sexo. Os filtros devem ser definidos de acordo com sua estratégia de venda.

Crie um programa de fidelidade

Para vender seminovos para CNPJ e ainda fidelizar este cliente, que tal criar um programa de fidelidade? Como o carro costuma rodar mais, aumenta também a demanda para trocar este veículo.

Com um programa de fidelidade este cliente vai sempre comprar de você e ainda receber descontos ou brindes especiais.

Use CRM e envie novidades por e-mail

Sempre que um novo consumidor visitar a sua loja, entrar em contato por WhatsApp ou mandar uma mensagem privada nas mídias sociais, registre esse e-mail – desde que o usuário autorize.

Ao implementar um cadastro online de clientes para loja de veículos, você tem a possibilidade de enviar e-mails com novidades, lançamentos, descontos e condições especiais para este segmento de público específico.

Mas, para que esse processo seja mais estratégico, procure utilizar um CRM próprio para lojas de carros. O módulo do CRM dentro do Revenda Mais, plataforma líder em gestão de revendas no Brasil, por exemplo, permite que sejam cadastradas várias informações que serão úteis futuramente: veículo desejado, e-mail, telefone, data do último contato e muito mais.

Faça um bom pós-venda após vender seminovos para CNPJ

De nada adianta criar condições especiais e fidelizar este cliente sem oferecer um bom pós-venda em sua loja de carros. Ao manter contato com o cliente e oferecer soluções para eventuais dúvidas e problemas, ele se sente seguro e pode voltar a fazer negócio com sua loja.

Um pós-venda eficaz também ajuda a melhorar a imagem da marca e reduzir os custos de marketing.

Com ajuda de um CRM, crie alertas para ligar para que a sua equipe de Vendas faça esse acompanhamento alguns dias ou uma semana depois da compra ser consolidada.

Pesquisas de Satisfação ajudam no pós-venda

Experimente também aplicar uma Pesquisa de Satisfação, perguntando questões estratégicas que ajudarão a criar novas rotinas ou melhorar as existentes: como foi o atendimento? O que achou da qualidade dos veículos? O processo de negociação foi satisfatório?

Ao receber as respostas, analise e proponha em conjunto com a sua equipe ações para contornar situações que podem ser melhoradas e elogiar os colaboradores pelos pontos positivos.

Agora que já entendeu como vender seminovos para CNPJ, que tal ter acesso a um material exclusivo e aprender como manter a alta lucratividade em sua loja de veículos?

Para sair na frente da concorrência, clique aqui e baixe gratuitamente o  “Guia para o Sucesso de sua Loja de Veículos”.

Inscrever-se
Notificação de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários