Erros de vendedores em lojas de carros: veja 5 erros que os vendedores da sua loja de carros NÃO devem cometer

Saiba como melhorar suas vendas e se tornar um ótimo profissional

Para ter sucesso nas vendas de veículos, é necessário se tornar um vendedor diferenciado. Infelizmente, não é assim que a maioria dos profissionais quer ser visto. Para alguns, ser um vendedor mediano já está de bom tamanho. Essa postura conformista pode fazer com que eles cometam erros absurdos, que fazem qualquer cliente desistir de vez da compra.

Erros de vendedores

O vendedor de hoje é um gestor de relacionamento, é ele que dá a cara da loja de veículos — afinal de contas, é ele que faz o primeiro contato com o cliente. Para se destacar e ser um vendedor moderno, você precisa se livrar de alguns erros básicos que podem atrapalhar suas vendas. Confira alguns desses erros de vendedores em lojas de carros:

Não ter cuidado na abordagem

Quem dera se a cada 10 abordagens a clientes, 10 se transformassem em venda. Mas a realidade não é essa e, muitas vezes, a culpa pode ser do próprio vendedor. Pode ser que a venda não seja imediata, mas se a abordagem for feita corretamente, você terá encontrado um futuro cliente.

Ser cordial é obrigação de todo vendedor. Seja paciente e espere o cliente entrar na loja de veículos para ser abordado. Fique atento, mas de espaço a ele: deixe-o conhecer o ambiente e apreciar alguns veículos. Quando ele estiver pronto para ser abordado, ele dará o sinal de interesse, e é nesse momento que você deve se aproximar e oferecer a sua ajuda.

Outro ponto muito importante: não prejulgue um cliente por sua aparência, modo de vestir ou de falar. Ser atencioso ao que ele fala e saber ouvir os desejos do cliente é essencial para o sucesso da venda.

Se deixar afetar por problemas pessoais

Brigou com a esposa ou namorada? Sua mãe está doente? O vizinho não te deixou dormir por causa do barulho? Coloque um sorriso no rosto mesmo assim e faça o melhor possível para atender bem. O vendedor deve manter uma postura profissional e deixar os problemas pessoais para depois do horário de trabalho.

O cliente percebe quando o vendedor o atende com má vontade ou quando não está atento. Fazer a abordagem de uma forma seca só fará com que o cliente fale a famosa frase “só estou olhando” e vá procurar um concorrente para fechar o negócio.

Não dar boas respostas ao cliente

Uma das maneiras mais eficiente de transmitir confiança na hora de fazer negócio é conhecer bem o veículo que você está vendendo. Todas as objeções do cliente devem ser respondias sem gaguejar, com precisão. Mas, para isso, é preciso se preparar.

Com a facilidade de acesso à informação, pode ter certeza que seu cliente já sabe muito sobre o carro que está escolhendo. Ele já conversou com amigos, entrou em sites de reclamações e sabe como o carro é visto pelo consumidor. Se o vendedor não estiver preparado para sanar as dúvidas ou até mesmo só dar afirmações acerca do que o cliente quer sobre o carro, dificilmente a venda será concluída.

Vender o produto em vez dos benefícios

Para algumas pessoas, ter um veículo próprio é um sonho de consumo — além de tantos outros benefícios que isso traz, como a economia de tempo e o conforto, por exemplo. Alguns vendedores batem sempre na mesma tecla, falando do baixo custo com manutenção e combustível, salientando os adicionais do veículo etc. Mas todos esses pontos mostram apenas características do veículo.

Os vendedores diferenciados sabem mostrar os benefícios reais de um produto. E, para isso, é preciso estar preparado e ter muita atenção ao perfil do comprador — por isso, fique atento aos detalhes durante a conversa. Se o cliente tem uma família grande, por exemplo, mostre para ele como o espaço interno do carro pode trazer mais conforto no transporte da sua família.

Deixar o pós-venda de lado

Um dos maiores erros de vendedores em lojas de carros é não fazer um bom pós-venda. Vender é um ciclo que nunca acaba e, mesmo que o cliente não troque de carro tão cedo, o bom atendimento pode fazer com que ele escolha sua loja no futuro e indique sua revenda de veículos para amigos e familiares.

Mesmo que a revenda em que você trabalha não tenha como praxe fazer o atendimento pós-venda, você pode fazê-lo por conta própria e de formas muito simples, como dar um telefonema ou enviar um email para o cliente após uma semana da concretização da venda e verificar se ele está satisfeito com a compra, além de se disponibilizar para ajudar futuramente.

Não seja um vendedor chato

vendedor de carros

Ser um vendedor de carros não é apenas vender um veículo para seu cliente, essa é uma profissão que exige arte, ciência, personalidade, aparência, autenticidade e capacidade de persuasão.

Devido experiências anteriores é muito comum que as pessoas que entrem na loja de veículos apresentem uma percepção negativa dos vendedores ou tenha a imagem do “vendedor chato”. Portanto seu trabalho é instruir a equipe para que ela apresente o melhor atendimento ao cliente.

É indispensável que seu vendedor tenha conhecimento sobre o veículo e saiba interagir com os clientes, a fim de deixá-los satisfeitos e ansiosos para a compra.

4 dicas para ser um bom vendedor de carros

Para ser um bom vendedor de carros é muito importante treinamento e conhecimento e para isso você pode contar com algumas dicas. Confira:

1. Faça com que o cliente sinta-se bem-vindo

Ao abordar o cliente, receba ele com entusiasmo, mas sempre respeitando o espaço e individualidade de cada um. Quando ele entrar na loja, aproxime-se com delicadeza e gentileza, pois a primeira impressão é muito importante para garantir que o cliente sinta que você está sendo verdadeiro.

Neste momento não seja intrusivo nem arrogante, apenas demonstre que você está lá para entender a necessidade dele e ajudar a encontrar o melhor veículo.

2. Converse sobre amenidades

Puxar assunto é uma ótima maneira de criar uma relação com seu cliente. Esse processo fará com que eles desenvolvam mais confiança em sua loja de veículos facilitando o momento da compra e, em alguns casos, vendendo o carro por você.

Uma das maneiras mais eficazes de conquistar a confiança dos seus clientes é demonstrando que nem tudo é a venda do veículo. Isso significa que você deve mostrar que você deseja construir um relacionamento com eles, perguntando sobre a família, trabalho, seus interesses, e assim poder encontrar um ponto em comum para construir uma conexão.

3. O corpo também fala

O corpo também fala, por isso, exiba uma linguagem corporal positiva.

Procure manter contato visual quando estiver conversando com seu possível comprador e demonstre que está interessado de verdade no que ele tem a dizer. Com uma abordagem e conversa amigável, o cliente difícil se sentirá muito mais à vontade e confiante para fechar um acordo.

Tenha empatia e preocupe-se com as necessidades que o cliente tem. Não basta apenas forçar uma cara feliz para fazer uma venda e tentar uma venda que ele não está interessado.

4. Faça perguntas úteis

Após cumprimentar seu cliente, dê espaço para que ele diga o que está procurando. Nesse momento é muito válido fazer perguntas diretas, como “Qual tipo de veículo posso ajudá-lo a encontrar?”.

Esse tipo de abordagem permite que os clientes compartilhem características a respeito do carro que estão procurando, dando espaço para que você combine as necessidades com um dos veículos disponíveis.

Qual a importância de um treinamento para o vendedor? 

O vendedor de loja de veículos deve estar preparado para saber atender seus clientes.

Com o mercado cada vez mais competitivo, é necessário que sua equipe esteja treinada e preparada, pois qualquer detalhe pode fazer com que você perca a venda. Portanto, além dos erros que não devem ser cometidos, é fundamental lembrar das técnicas para concluir uma boa venda.

É essencial que você entenda o potencial de compra do seu cliente e realize uma sondagem para entender quais foram os modelos, e até mesmo outras lojas que ele já analisou. No momento de mostrar suas opções de veículos à venda, preocupe-se em apresentar somente aqueles que realmente supram seus desejos. E, caso possível, realize um test drive para melhorar ainda mais a experiência dele na loja.

Como o ciclo de venda dos carros podem levar alguns dias, respeite o tempo do cliente e sempre mantenha contato com ele.

Com boas práticas você pode aumentar suas vendas

O mercado de veículos está cada vez com mais concorrido. São diversas empresas apresentando inúmeras opções de preços e serviços, dificultando a captação de novos clientes.

Com uma grande demanda de serviços e opções para a escolha dos clientes, é muito importante que você, vendedor de carros, esteja disposto a conquistar os clientes que atende e proporcionar uma ótima experiência de venda.

É muito importante lembrar que não basta apenas vender, também é necessário conquistar o consumidor. Porém como muitas empresas não proporcionam um treinamento sobre como lidar com o cliente, é comum que erros aconteçam.

Portanto é muito importante estar atento a o que não fazer para conquistar um cliente, e pensar sempre no melhor atendimento.

Um bom atendimento pode proporcionar grandes benefícios

Com uma grande concorrência no comércio, não é novidade que os donos de lojas de veículos busquem por maneiras de otimizar seu negócio e aumentar suas vendas.

Perguntas do tipo “como fechar o negócio mais rápido?” e “como vender mais?” são bem comuns e tudo pode ser resolvido através do atendimento ao cliente.

O que para muitos não é novidade, mas ainda assim deve ser lembrado, é que o elemento chave para o sucesso e uma boa venda, é saber lidar com seu público. Essa técnica deve ser estudada e aplicada diariamente, proporcionando que seus vendedores se mantenham à frente da concorrência e alavanquem as vendas de carros.

Como aumentar suas vendas? 

Para aumentar suas vendas de carros e destacar sua loja no mercado, basta seguir algumas recomendações e desenvolver estratégias para motivar sua equipe a vender mais. Por exemplo:

  • Criar uma política de qualidade que seja voltada ao atendimento do cliente e passá-la em treinamento para os vendedores.
  • Desenvolver ações para a satisfação do consumidor, como melhorar o ambiente da loja.
  • Treinar constantemente seus vendedores, para que eles alcancem um desenvolvimento profissional diferente da concorrência.
  • Estabelecer níveis de autonomia para que os vendedores possuam poder de decisão junto aos clientes, evitando que eles sempre tenham que solicitar apoio da gerência para fechar a venda.
  • Estabelecer um programa de comissão de vendas, contribuindo com o desenvolvimento de cada vendedor de carro.

Após seguir todos os passos necessários para ser um bom vendedor de veículos e evitar os erros que não devem ser cometidos, basta fechar o negócio e comemorar a venda.

E não se esqueça que para garantir o sucesso da sua loja, é necessário contar com um sistema para loja de veículos altamente completo e que organize todos as rotinas diárias em um só local de maneira segura e prática. Para saber quais os ganhos sua loja pode ter, acesse o site da Revenda Mais clicando aqui e solicite uma demonstração gratuita.

Erros de vendedores em lojas de carros: veja 5 erros que os vendedores da sua loja de carros NÃO devem cometer
5 (100%) 2 votos