Google Analytics para loja de veículos: veja a sua importância e como configurar


O Google Analytics para loja de veículos permite que você entenda os principais dados relacionados ao site da sua revenda.

Google Analytics para loja de veículos

O Google Analytics é uma plataforma criada pelo Google para que empresários e profissionais de Marketing Digital compreendam como está sendo a navegação dos usuários em um site institucional ou loja virtual. Dados como número de visitas e origem destes visitantes são algumas das informações obtidas gratuitamente através da ferramenta.

A plataforma ajuda a traçar estratégias online e acompanhar se determinada promoção no Facebook Ads ou Google Ads tem trazido resultados reais para o seu negócio. O Google Analytics permite ainda saber quais páginas internas apresentam rejeição e devem ser melhoradas.

Neste artigo, os especialistas de Marketing Digital da Revenda Mais lhe ensinarão a configurar o Google Analytics corretamente e irão detalhar as informações mais importantes que a plataforma fornece.

Começando a configurar o Google Analytics para loja de veículos

Antes de tudo, você deverá ter um e-mail do Google, ou seja, um Gmail, e também acesso ao painel de controle do site para instalar o código necessário para o acompanhamento.

Cadastrando nome e URL: Comece o processo acessando o site oficial do Google Analytics: http://analytics.google.com

Adicione o nome e URL do site. O nome não estará visível ao público, é somente para o seu controle. Se você possui um site institucional e uma loja virtual em diferentes URLs, sugerimos que sejam criadas duas contas diferentes no Google Analytics. Para organizá-las melhor, utilize nomes bem específicos.

Setor: esta informação não terá um impacto expressivo sobre seus dados, é apenas para controle do Google.Sugerimos que selecione as categorias “automotivo” ou “compras”. Você poderá escolher apenas uma delas!

Fuso horário: muita atenção nesta etapa, pois o horário escolhido impactará na forma como você entende seus dados. Se você escolher um fuso horário europeu, por exemplo, terá que fazer cálculos para saber qual o horário que seu site mais tem visita. A mesma diferença acontecerá se o seu estado, mesmo que dentro do Brasil, tiver um fuso horário diferente do que São Paulo.

Após preencher as informações corretamente, você terá acesso a uma tag global. Sugerimos que instale em TODAS as páginas do seu site, seguindo as orientações do Google: Copie e cole esse código como o primeiro item da seção <HEAD> das páginas da Web que você quer acompanhar. Se você já tiver uma tag de site global na sua página, basta adicionar a linha config do snippet abaixo à tag existente.

Para saber se o código está funcionando, acesse a aba Administrador (no símbolo de engrenagem) > Propriedade > Informações de acompanhamento > Código de Acompanhamento. No topo da página, será mostrada a última vez que seu site emitiu informações para o Google Analytics.

Começando a analisar dados do Google Analytics

Se o seu website não possui um grande número de visitas, acesse o Google Analytics somente alguns dias após a instalação da tag de acompanhamento, desta forma, você terá dados suficientes para descobrir e analisar. 

No menu esquerdo da plataforma, existem diversos relatórios: público, aquisição, comportamento e conversões. Mostramos a seguir quais são os dados mais interessantes para acessar em cada um deles.

Público: relatório que mostra como está o movimento em seu site. Você pode selecionar um dia, uma semana, um mês, um ano inteiro e também comparar com o mesmo período de anos anteriores. Desta forma, é possível entender se a promoção de Black Friday de 2019 gerou mais movimentos do que a campanha de 2018, por exemplo.

Nesta página, na aba Visão Geral, as principais métricas são apresentadas rapidamente: 

  • Sessões – cada vez que um usuário interage com seu site, clica, lê notícias ou envia um formulário de contato, é uma sessão.
  • Usuários – visitantes únicos que acessaram seu site. Se a mesma pessoa acessou seu site de diferentes dispositivos e IPs será considerada um visitante novo.
  • Visualizações de página – cada vez que uma página é acessada, uma visualização é gerada. Este número costuma ser mais alto que sessões, pois em uma mesma visita, um usuário pode acessar dezenas de páginas.
  • Duração média da sessão – quanto mais alto esse número, melhor. Isso significa que seu site está sendo atrativo para os usuários. Mas, se o tempo não passar de poucos segundos, é hora de rever suas estratégias de conteúdo e layout.
  • Taxa de rejeição – o objetivo de um site é a interação, correto? Como a abertura de um vídeo ou o preenchimento de um formulário. Quando isso não ocorre, é gerada uma rejeição. 

Ainda no relatório sobre o Público, você acessa outras informações. Na aba “informações demográficas” entende a idade e gênero dos seus visitantes. Já na aba “Geográfico” são fornecidos dados sobre a cidade e país de origem dos usuários, além do idioma do navegador utilizado ao acessar o site.

Bastante atenção aos dados geográficos, principalmente se você vende carros usados para outras cidades! Se uma cidade próxima a sua acessa bastante o site, mas sua loja ainda não possui contatos comerciais neste município, este cenário pode indicar que existe uma oportunidade comercial a ser explorada.

Outra métrica muito interessante é a respeito dos dispositivos móveis. Quando um site tem grande acesso através de celulares, é fundamental que seja responsivo e rapidamente carregado, evitando que os usuários deixem a página antes do carregamento total das informações.

Aquisição: esta área do Google Analytics para loja de veículos possibilita entender quais sites estão gerando acesso para o seu site. A ferramenta consegue identificar, inclusive, mídias sociais como Facebook e Instagram.

Se o Instagram tem gerado mais acessos e com maior qualidade, ou seja, menor taxa de rejeição, que tal aumentar o investimento neste canal?

Comportamento: aqui, você acompanhará quais as páginas mais acessadas do seu site e o tempo médio que as pessoas permanecem em cada uma. Abas com taxa de rejeição alta e visitas curtas devem ser reestruturadas. Muitas vezes, simplesmente adicionar uma foto de maior qualidade já permite modificar esse cenário.

Conversões: o Google Analytics permite que os seus anúncios no Google Ads sejam integrados à plataforma, resultando em uma maior compreensão das conversões e resultados.

Se você gostou dessas métricas, mas gostaria de se especializar, o próprio Google Analytics oferece aulas gratuitas e testes para obter certificação. E não deixe de conferir nosso Minicurso Online para aprender mais técnicas de vendas e Marketing Digital.

Site Responsivo para Revendas de Veículos

Se a sua loja ainda não tem um site responsivo, com certeza você está perdendo muitos negócios.

Site responsivo e de alta performance para loja de carros. Receba até 300% mais leads, negocie e venda muito mais. Clique aqui para saber mais sobre site para loja de carros.


Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de