Mercado de veículos seminovos vê crescimento mesmo em meio a pandemia

Pesquisas mostram que o aumento ocorre há nove semanas

veículos seminovos vê crescimento na pandemia

Em 2019, o mercado de veículos seminovos e usados no Brasil viu um crescimento de cerca de 2% em relação aos anos anteriores. De acordo com a Fenauto – Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores, foram vendidos 14.592.691 veículos contra 14.275.382 de 2018, apresentando um aumento de 2,2%. Esse crescimento era previsto também para 2020 e pode ser observado até a primeira semana de março, na qual as vendas estavam cerca de 11,44% acima do mês anterior, fevereiro. 

Porém, com a chegada do COVID-19, na segunda quinzena de março, e os decretos de quarentena, que fecharam comércios e os DETRANS em diversas regiões do país, os lojistas viram suas vendas diminuírem – na primeira semana de abril, por exemplo, foram comercializados apenas 3.796 unidades por dia. Esse número começou a sofrer alteração positiva a partir da quinta semana do mesmo mês, de acordo com a Fenauto, e manteve sua alta até 31 de maio, mesmo com um recuo de 34,4% no acumulado do ano. 

“Essa movimentação positiva é importante não apenas para nosso setor, mas para toda a economia que esteve paralisada por tanto tempo. Estamos monitorando o índice de confiança do consumidor, além do comportamento da propagação da transmissão do vírus, para avaliarmos passo a passo o que poderá acontecer”, afirma o presidente da Federação, Ilídio dos Santos. Ainda de acordo com a instituição, a retomada positiva do comércio de veículos pode ser observada há nove semanas, com seu melhor em junho, que teve cerca de 41.631 carros vendidos por dia na quarta semana do mês e um crescimento de 2,78% em relação a semana anterior – isso se deu pela reabertura gradativa do comércio e dos DETRANS regionais. 

Consumidores mantém intenção de compra

Outro ponto positivo para o mercado de veículos seminovos e usados é a intenção de compra dos consumidores. De acordo com uma pesquisa realizada pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) em parceria com a Webmotors, 89% dos consumidores que tinham o objetivo de comprar um veículo neste ano não desistiu de fazê-lo, mesmo com as dificuldades da pandemia. Destes, 68% pretende optar por um carro seminovo ou usado, 16% preferem um novo e os outros 16% ainda estão em dúvida em qual escolher. Os que desistiram de adquirir um veículo em 2020, que representam 11% dos entrevistados, apresentaram algumas incertezas, como a questão financeira (57%), condições de pagamento (34%) e se vai conseguir vender o carro que já tem (18%).

A pesquisa também revelou que para 66% dos entrevistados que têm a intenção de compra, a principal motivação é a proteção individual, pois querem evitar o uso de transporte público ao fim da pandemia. Com relação ao período de compra, 27% vai adiar a aquisição para seis meses – pois colocam como empecilho a economia e o emprego (45%); Para 37%, é necessário ver o veículo antes da compra e 33% desejam melhores condições de pagamento – dentre elas carro usado mais valorizado (46%), redução de impostos (42%) e juros menores (39%). 

A hora é de se reinventar! 

Aproveite esses dados e invista nas redes sociais de sua loja de veículos! Como muitos entrevistados salientam que precisam ver o carro antes da compra, monte estratégias, como levar esse veículo até o cliente; mandar vídeos e fotos por WhatsApp; faça chamadas ao vivo… Isso tudo ajudará a impulsionar suas vendas! E conte sempre com o sistema do Revenda Mais para administrar sua revenda.  

Escrito por

Rhaíssa Silva
Rhaíssa Silva
Jornalista especialista na geração de conteúdo para mídias sociais. Há oito anos no mercado, atua como analista de conteúdo na Revenda Mais e é uma das responsáveis pelo desenvolvimento dos conteúdos especializados para o setor automotivo e lojas de veículos seminovos.

Compartilhe!
Inscrever-se
Notificação de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
O que você achou? Por favor, comente.x
()
x