Nova Lei obriga lojas de automóveis a informarem os débitos de veículos em aberto

debitos de veiculos
debitos de veiculos

Na data de 25/03/2015 foi publicado a LEI Nº 13.111 que dispõe sobre a obrigatoriedade das revendas que comercializam veículos automotores informarem ao comprador o valor dos tributos incidentes (débitos de veículos) sobre a venda e a situação de regularidade do veículo quanto a furto, multas, taxas anuais, débitos de impostos, alienação fiduciária ou quaisquer outros registros que limitem ou impeçam a circulação do veículo.

A Lei começará a vigorar em 25/05/2015, 60 dias após sua publicação em Diário Oficial, mas afinal como essa Lei se aplica no dia a dia?

Com a publicação dessa normativa, todas as lojas que comercializem veículos automotores são obrigadas a informar aos compradores os pontos abaixo:

A) O valor dos tributos incidentes sobre a comercialização do veículo (informar a porcentagem aproximada ou detalhar os impostos que são gerados com a venda);

B) A situação de regularidade do veículo (informar se existem registros que impossibilitem o veículo de estar em circulação);

C) A situação de regularidade do veículo junto às autoridades policiais, de trânsito e fazendária onde o veículo for registrado e estiver sendo comercializado (informar se existem registro junto as unidades controladoras).

Como essa informação deve ser entregue ao cliente comprador?

No recibo de venda ou contrato de compra e venda assinado entre vendedor e comprador deve constar cláusulas contendo informações sobre a natureza e o valor dos tributos incidentes sobre a comercialização do veículo, bem como sobre a situação de regularidade em que se encontra o bem quanto às eventuais restrições previstas nesta Lei.

O que acontece se o lojista não ceder as informações sobre os débitos de veículos?

Caso o lojista não informe as solicitações da nova Lei estará sujeito a:

A) Arcar com o pagamento do valor correspondente ao montante dos tributos, taxas, emolumentos e multas incidentes sobre o veículo e existentes até o momento da aquisição do bem pelo comprador;

B) Restituir o valor integral pago pelo comprador, no caso de o veículo ter sido objeto de furto.

Para evitar transtornos futuros reveja seu contato de compra e venda e adicione uma cláusula conforme solicitado pela nova Lei, afinal Lei é Lei e precisa ser cumprida.

Como a Revenda Mais pode ajudar você?

O sistema Revenda Mais já está preparado para atender esse nova disposição governamental e adequado a nova Lei.

Ao realizar uma saída de estoque (venda), o sistema disponibiliza a informação “Situação de Regularidade” com os débitos de veículos nos Recibos e Contratos de Venda. Basta informar os dados que o sistema automaticamente adiciona a nova cláusula contratual com as informações necessárias.

Recibo de venda
Recibo de venda

Contrato de venda
Contrato de venda

Escrito por

Revenda Mais
Revenda Mais
Revenda Mais cria soluções que ajudam as lojas de veículos a economizar tempo e principalmente dinheiro. O nosso sistema já ajudou mais de 5000 lojas nesses mais de 15 anos de expertise no mercado de veículos.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de