O futuro das lojas de carros no pós-pandemia

Estar atento às tendências de consumo no Brasil e no mundo apoiarão a geração de negócios nas lojas de carros no pós-pandemia.

futuro das lojas de carros no pós-pandemia

A Covid-19 desencadeou a maior pandemia do último século e gerou mudanças significativas em todo o planeta.

O álcool em gel se tornou item essencial nos carros e bolsas. A máscara se integrou ao vestuário de homens e mulheres. Famílias que costumavam comemorar suas conquistas em almoços de domingo precisaram se adaptar às videochamadas.

Porém, a doença não impactou somente o ser humano em seu aspecto social, e sim transformou o hábito de consumidores de todo o planeta.

Compras a distância farão parte do futuro das lojas de carros no pós-pandemia

A pandemia acelerou um processo que já estava sendo observado há anos: o crescimento das compras online em detrimento das lojas físicas. Um relatório divulgado pelo Thinkwithgoogle em 2018 mostrou que 63% das experiências de compras começaram no mundo online.

Agora, esse número só vem aumentando. Em levantamento da NeoTrust, mencionado no portal IPNews, o e-commerce brasileiro aparece com a marca de R$ 35,2 bilhões em vendas somente entre janeiro e março deste ano. O número representa aumento de 72,2% em comparação a 2020.

Outro estudo desenvolvido pela EY Parthenon e divulgado pela Veja Insights também comprova a tendência. O levantamento abrangeu 1003 consumidores, a partir de 18 anos, entre junho e julho de 2020, para entender quais as mudanças mais impactantes em sua rotina.

Em relação ao varejo considerado “não essencial”, 62% dos brasileiros afirmaram que estão visitando menos lojas físicas, 39% aumentaram o volume de compras de itens diversos pela internet e 33% passaram a comprar de outras marcas para apoiar negócios locais.

Mas, traduzindo esses números para o dia a dia, o que significa?

Que os consumidores estão preferindo comprar virtualmente do que se deslocar até às lojas físicas, seja pela facilidade ou pela segurança de evitar aglomerações.

É importante, no entanto, entender a diferença de um ramo para outro.

No segmento automotivo, as compras online são feitas de uma maneira um pouco diferente do que a aquisição de um novo tênis, por exemplo.

No caso das lojas de carros, o meio digital é utilizado para mostrar os veículos em estoque, divulgar promoções e ser uma ferramenta de negociação com compradores de outras cidades ou estados.

Já o pagamento continua sendo efetuado por transferência bancária ou financiamento veicular, assim como a questão de documentos de transferência e outros contratos ainda são necessários.

Preparar sua loja de carros para as novas tendências de consumo é fundamental

Burocracias à parte, transformar uma loja de veículos em uma vitrine virtual é uma das principais formas de acompanhar o novo hábito de consumo dos brasileiros. Para isso, algumas ações e plataformas são essenciais, conforme explicado a seguir.

Site responsivo para revenda de carro

Atualmente, grande parte dos acessos em sites é originado de dispositivos móveis. No Brasil, o celular é usado por 99% das pessoas que se conectam à internet, o que torna necessário que a sua página na internet se adeque a cada um destes tamanhos de tela.

Essa adaptação é o que faz um site se tornar “responsivo”.

Um site responsivo para lojas de veículos adapta corretamente todos os elementos da página, por exemplo, priorizando as fotos dos carros e o botão de cadastro para aumentar as chances de conversão de um visitante em comprador.

Não esqueça das mídias sociais

Nós, do Revenda Mais, temos casos reais de lojistas que utilizam o nosso sistema de gestão e que conquistaram vendas devido à presença nas mídias sociais, como Instagram e Facebook.

Isso ocorre porque os canais digitais possibilitam atingir um público maior do que uma loja física, transmitem confiança aos clientes em potencial e permitem conhecer todo o estoque em poucos cliques. 

Nas mídias sociais, a interação também é facilitada. Basta enviar uma mensagem privada ou comentar em uma publicação para tirar rapidamente uma dúvida sobre preço ou detalhamento do veículo à venda.

Atendimento online ativo e customizado

No item anterior, destacamos a facilidade de interação que as mídias sociais propiciam, mas para que a sua revenda de veículos consiga transformar usuários interessados em compradores reais é necessária muita atenção ao atendimento no meio digital.

Com tantos concorrentes disputando um lead, manter um retorno ágil, rápido e consistente faz a diferença no fechamento de um negócio.

Esqueça respostas pré-definidas e um atendimento robotizado.

O que os usuários buscam é um retorno humanizado, que entenda suas dores e necessidades.

Mas, para que isso se torne uma realidade em sua revenda, você precisa conhecer profundamente o seu público-alvo: quem são? O que consomem? Com quem moram? Onde moram? Com o que trabalham?

Jefferson Araújo, CEO da Showkase, explicou sobre o assunto no portal Administradores.

“As marcas já perceberam que elas devem se aproximar cada vez mais do seu público-alvo e migrar para onde eles estão. Para tanto, é preciso estudar muito bem o seu mercado e entender o perfil dos consumidores que pretendem alcançar. Com essas informações em mãos, os lojistas terão a oportunidade de oferecer um atendimento customizado e humanizado. E, estar sempre à frente a concorrência”.

Jefferson Araújo, CEO da Showkase

Preocupação com a experiência do usuário

Pessoas que cada vez têm menos tempo para se deslocar à uma loja física querem uma experiência diferenciada.

Que tal começar a investir em vídeos dos carros que acabaram de chegar à sua revenda para mostrar o máximo de detalhes possível?

Ou enviar um formulário de avaliação veicular online para facilitar o processo de precificação de um carro à venda? Este tipo de ação exige um baixo investimento e pode gerar frutos duradouros no futuro da sua revenda.

Pense também em como a sua revenda pode ser mais sustentável e amiga da natureza.

Hoje, a consciência ambiental dos clientes tem aumentado e empresas que caminham junto com esse pensamento ganham espaço entre a concorrência.

Avalie, por exemplo, a possibilidade de usar água reutilizada da chuva para higienizar veículos ou optar pelos contratos digitais para reduzir a emissão de documentos impressos.

Agora que você já conhece algumas das práticas para ingressar no futuro das lojas de carros no pós-pandemia, convidamos a conhecer o nosso Guia de Sucesso com dicas que ajudarão a manter uma alta lucratividade mesmo depois que a normalidade retornar à sociedade.

Clique aqui e faça o download gratuito hoje mesmo.

Escrito por

Manuela Ghizzoni
Manuela Ghizzoni
Jornalista especialista em Marketing Digital. Há 7 anos, atua com geração de conteúdo com técnicas de SEO e direcionados para mídias sociais. Atualmente, é responsável por desenvolver conteúdo especializado para o setor automotivo e focado em lojas de veículos seminovos.
Inscrever-se
Notificação de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários