Os 5 principais motivos da falência de uma loja de veículos

motivos da falência de uma loja de veículos

Existem 5 principais motivos da falência de uma loja de veículos e todos eles são relacionados à maneira como o empreendedor desenvolve o seu negócio.

Todo mundo sabe que não é fácil ser empresário no Brasil, principalmente no mercado de veículos. As constantes políticas de incentivos à venda de carros novos acabam gerando grande instabilidade no mercado de usados. 

Um levantamento divulgado pelo Ministério da Economia mostrou que 1,044 milhão de empresas foram fechadas no Brasil em 2020 – ano marcado pela pandemia. Mas, calma! Dados positivos também foram registrados neste período: 3,359 milhões de empresas foram abertas, possibilitando que o país fechasse um saldo positivo de 2,315 milhões de novos negócios no período.

Outro índice positivo foi o tempo para abertura de uma empresa no Brasil. Agora, o tempo médio é de 2 dias e 13 horas, uma redução de 43% em relação ao mesmo período de 2019.

Então, por que vemos tantas empresas próximas fechando? Ao contrário do que possa parecer, muitas vezes o próprio dono da empresa é quem acaba prejudicando o negócio, tomando atitudes inadequadas ou mesmo sendo inerte em momentos que pedem dinamismo.

Veja abaixo o que você deve evitar para manter a saúde da sua loja de veículos!

1. Falta de planejamento

Planejamento é fundamental para qualquer empresa no mercado atual. É o planejamento que dá o rumo para que a empresa prospere, definindo seus objetivos estratégicos.

Aliás, ter um objetivo é fundamental. Muitas vezes, o empresário inaugura sua loja apenas com a intenção de comprar e revender carros. Mas, onde ele quer e pode chegar? Uma visão de futuro leva sua loja a se tornar inovadora em seus processos, motiva o dono e a equipe e resulta em crescimento gradativo.

Experimente traçar um planejamento anual para a sua empresa, prevendo situações favoráveis e desfavoráveis do mercado. Você vai ver como o trabalho se tornará mais orgânico e eficaz.

2. Concentração em poucos clientes

Você já deve ter ouvido falar em alguma loja concorrente que possui um cliente que, sozinho, é responsável por grande parte do seu faturamento, não é mesmo? Pois não tenha inveja. Se esse cliente passar por qualquer problema e deixar de realizar negócios com a loja, ela fechará em poucos meses.

Conseguir um ótimo cliente, responsável por grandes compras, é sempre um bom negócio, mas não deixe que ele responda por mais de 50% do faturamento da sua loja. Diversifique os negócios para ter segurança e uma lucratividade garantida por mais tempo.

Mas, para que você impacte o perfil correto, em seu planejamento estratégico é importante definir o público-alvo para oferecer veículos aderentes aos compradores. Não adianta tentar vender carros de luxo se a região em que sua loja se encontra atrai consumidores com um poder de compra menor ou se grande parte do seu estoque é formado por carros populares. 

Antes de negociar novos veículos, entenda para quem você está vendendo: faixa etária média, renda familiar, ambições e objetivos de vida, composição familiar. Este tipo de informação, inclusive, você pode obter analisando a concorrência ou fazendo uma pesquisa de mercado breve com pessoas que estão passando na região. Apesar de exigir um pouco mais de esforço, os resultados valerão a pena no final!

3. Pouca capacitação profissional

Vender carros não é uma tarefa simples. É um negócio de alto valor financeiro, que envolve decisões emocionais e precisa ser bem conduzido pela equipe de vendas. Se um cliente entrar na sua loja e não se sentir confortável com o vendedor, certamente ele não fechará negócio.

Sua equipe deve estar sempre antenada aos lançamentos do mercado, novidades em termos de acessórios e deve possuir conhecimentos em mecânica para suprir todas as dúvidas do cliente no momento da compra.

Além do conhecimento no segmento automotivo, é importante que os vendedores desenvolvam técnicas de negociação e saibam qual o melhor discurso de vendas para a sua loja. Este tipo de conhecimento pode ser desenvolvido por meio de cursos ou palestras. Atualmente, existem várias instituições renomadas nacionalmente que ofertam disciplinas focadas em negócios por preços baixos ou até mesmo cursos gratuitos

Que tal incentivar que sua equipe adquira novos conhecimentos? Troque horas de estudo por um período de folga ou bonificação para quem conquistar certificados ao longo do ano.

4. Decisões precipitadas e falta de precificação

O mercado atual é muito dinâmico e exige atitudes rápidas. Mas, para tomar uma decisão, é preciso um mínimo de embasamento. A escolha de um caminho errado gera consequências drásticas no futuro.

Por isso é tão importante conhecer bem a empresa e ter um planejamento eficaz, para dar suporte ao processo de tomada de decisão.

Outro motivo comum da falência de lojas, citada pela Serasa Experian, é a falta de precificação de produtos e serviços. Muitos lojistas não sabem quanto cada veículo está custando realmente. 

Ao definir um valor de revenda, você precisa saber exatamente quais reformas foram feitas, o custo delas para o negócio, quanto tempo o carro está parado e qual o impacto desta demora na venda para a saúde financeira da revenda.

Quanto você receberia se este valor estivesse aplicado no mercado financeiro ao invés de parado na garagem? Este tipo de análise é fundamental para saber se as suas contas estão caminhando para o vermelho.

5. Falta de um sistema de gestão

A tecnologia evoluiu muito nos últimos anos e, hoje, é inadmissível que uma loja de veículos não possua um sistema online de gestão. Com ele é possível acompanhar todo o trâmite financeiro, fluxo de caixa, entrada e saída de veículos, comissão de vendedores, controle de contratos, custo que cada veículo no estoque gerou/está gerando, entre outras informações essenciais.

Em uma plataforma como o Revenda Mais todos estes dados ficam armazenados na nuvem, sem a necessidade de fazer download de softwares no seu computador ou de seus vendedores. Tudo o que sua loja precisa é ter acesso à internet para controlar todos os departamentos existentes.

Ao implantar um sistema online de gestão, a loja de veículos passa a ter o controle total de todos os gastos e recebimentos. Desta forma, é possível planejar investimentos, como a ampliação da infraestrutura ou reforma na fachada. Ou até mesmo identificar períodos de anos em que as vendas diminuem para que você se prepare financeiramente para esta época.

Agora que você já sabe quais são os principais motivos de falência das lojas de veículos, compartilhe este texto com seus amigos em suas redes sociais!

Inscrever-se
Notificação de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários